Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama está em Valença e Wenceslau Guimarães

Em Gandu, o programa estará no período de 16 a 25 de novembro e irá atender a 1.633 mulheres dentro da faixa etária de risco para a doença que é de 50 a 69 anos.

Card image

Começou nessa segunda-feira (02) nos municípios de Valença e Wenceslau Guimarães o Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama, programa do Governo do Estado, via Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), que faz o atendimento para mulheres de 50 a 69 anos, com a realização de mamografia, exame que detecta precocemente o câncer de mama.

Em Valença, a unidade móvel ficará estacionada até o dia19 de outubro, na Praça da República, Centro da cidade. São três mil mulheres dentro da faixa etária de 50 a 69 anos no município, que estão aptas à realização do exame de mamografia.

Em Wenceslau Guimarães, até o dia 9 de outubro, a unidade móvel permanecerá estacionada na Praça Nair Lopes Jenkins, nas proximidades da Escola Michelina Lopes. No município 1.006 mulheres estão aptas a realizarem o exame de mamografia.

Nos dois municípios, o atendimento começa às 7h e prossegue até as 18h. Para ser atendida, a mulher deve levar um documento de identidade, o Cartão do SUS e um comprovante de endereço.

Em Gandu, o programa estará no período de 16 a 25 de novembro e irá atender a 1.633 mulheres dentro da faixa etária de risco para a doença que é de 50 a 69 anos. Esse trabalho foi pactuado para a Região de Valença, durante a reunião da CIR -Comissão Intergestores Regionais. Além de Gandu serão atendidos ainda os municípios de Ituberá, Camamu, Gandu, Teolândia, Nova Ibiá, Piraí do Norte, Igrapiúna, Nilo Peçanha, Taperoá e Cairu.

Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em oncologia. Este programa é uma ferramenta de acesso da mulher às ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama.