Homem mata a namorada a socos e pontapés

A adolescente Stephany Sena dos Santos teve hemorragia interna, morrendo após parada cardiorrespiratória, em decorrência da violência sofrida.

Card image

Investigadores do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, na tarde desta sexta-feira (10), o jovem Guilhermo do Carmo Miguel, de 18 anos. Ele é responsável pela morte da namorada, a adolescente Stephany Silva Sena dos Santos, 16, com quem se relacionava há quatro meses.

O casal, que brigava constantemente, teve mais uma discussão na última segunda-feira (6), no bairro de Canabrava, onde Guilhermo morava. Depois de receber socos e pontapés do namorado, Stephany foi para casa, em Mapele, onde apenas se queixou de dor de dente aos familiares.

Com o maxilar inchado, ela foi para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Simões Filho no dia seguinte, de onde foi encaminhada para o Hospital Geral do Estado (HGE) com hemorragia interna em decorrência da violência sofrida. Nesta quinta-feira (9), ela morreu após uma parada cardiorrespiratória.

Em depoimento prestado ao delegado Guilherme Machado, coordenador da 2ª Delegacia de Homicídios (2ª DH/Central), o jovem disse que agiu em legítima defesa. “Ele afirma que ela sempre discutia por ciúmes e que Stephany teria começado com as agressões, por isso ele teria revidado”, contou o delegado.

Guilhermo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para passará por exame médico. No final de semana, ele será encaminhado à audiência de custódia. “Nós já estamos solicitando ao juiz um mandado de prisão preventiva contra ele, para mantê-lo preso”, finalizou o delegado.